Medicina Osteopática 

A ciência manual que harmoniza o seu corpo”

n_mexer

Graduado em 2008 pela UPN em Osteopatia Anglo-Saxônica.

Trabalha em clínicas convencionais desde 2008 e tem consultório privado em São João da Madeira . A sua conduta na área clínica baseia-se em todos os aspetos profissionais e éticos inerentes á área da saúde e em especial á pratica da medicina Osteopática que é praticada no Reino Unido e EUA (Osteopatia Anglo-Saxônica).
Em 2011/2012 deu formação em Osteopatia na Médi-Academie em Lausanne (Suiça).
Em 2013 participou numa convenção de Osteopatas Europeus em Copenhaga (Dinamarca).
Osteopata acreditado pelo Ministério da Saúde (Cédula Profissional ACSS).

 

Carlos Piedade
Osteopata (D.O)

A Osteopatia

Especialidades da Osteopatia

A medicina osteopática é bastante completa e dentro dela existem três variantes. A Osteopatia Estrutural, que equilibra todo o sistema músculo-articular com um papel importante na vitalidade de todo o organismo. A Osteopatia Sacro-Craniana que atua a nível somato-emocional e promove a saúde de todo o sistema nervoso. A Osteopatia Visceral fundamenta-se pela mobilização dos orgãos eliminando bloqueios energéticos destes promovendo a sua vitalidade. Estas três especialidades podem ser conjugadas num tratamento osteopático, caso estejam dentro do plano de tratamento.

Quem pode beneficiar da Osteopatia

Todas as faixas etárias são abrangidas pelo tratamento osteopático quando recomendado, desde bebés a idosos. As grávidas também se incluem no tratamento osteopático. O Osteopata deve ter estar preparado desde o inicio para tratar toda esta população com disfunções osteopáticas.

Vantagens

Menor tempo de reabilitação. Maior eficiência no tratamento. Menor custo final para o paciente. Sem Químicos ou Electroterapia. Tratamento de Prevenção. Equilibrio geral de todo o organismo. Tratamento personalizado.

A palavra Osteopatia deriva do grego Osteon (osso) phatos (patologia), nasceu em finais do século XVIII por intermédio do Neuro-Cirurgião Andrew Still. A medicina da época não explicava muitas das patologias que surgiam naquele tempo, como por exemplo a morte precoce de 4 dos seus familiares devido a um surto de meningite. Still pensou noutro tipo de abordagem e começou a associar muitas das patologias á coluna vertebral ao sistema músculo esquelético e ás suas disfunções, com uma avaliação integral dos pacientes desenvolveu técnicas manipulativas que permitiam aliviar e eliminar a dor na maioria dos seus pacientes e posteriormente restabelecer a sua saúde . Criou escolas nos EUA que se desenvolveram durante o século XX e que mais tarde transitaram para o Reino Unido.
Na primeira consulta o paciente deve trazer (se tiver em sua posse) todos os exames clínicos que foram efetuados nos últimos meses, incluindo Raio X, TAC, RM, Análises Sanguíneas, etc. O paciente deve ter um vestuário que lhe permita sentir-se confortável durante as sessões. Na anamnese e no tratamento o paciente deve ficar de roupa interior, desportiva e/ou adequada para que o Osteopata avalie e possa efetuar o tratamento em todo o corpo sem restrições nas técnicas osteopáticas. Caso o paciente pretenda, pode trazer um acompanhante durante as sessões de tratamento. Recomenda-se que o paciente faça refeições ligeiras antes de um tratamento osteopático e aguardar pelo menos 2 horas.
Aveiro, Porto, Santa Maria da Feira, São João da Madeira
Digite o seu contacto, iremos ligar de volta!
Contacto